2 de fev de 2010

era uma vez ...





Fui em Valentin (sul da Bahia) procurar uma coisa e acabei encontrando outra.
Da porta de um casabre Senhora Menina me via passar.... cumprimentei-a. Com sorrizo e timidez ela retribuiu o cumprimento e foi ai que num desvio de olhar minha atenção foi capturada pelo que eu podia ver através da janela. Aquelas bonecas de pano penduradas na parede atiçaram em mim a vontade de conhece-la e poder ve-las mais de perto. Fui.
Confesso que aquela boneca azul me provocou bastante, ainda mais pelo motivo do formato de suas pernas serem quase como cauda de sereia e ainda estarem amarradas. Mistério. Uma casinha simples e uma senhora colecionadora de bonecas. O tapete de fuxico triangular ela fez pra filha, mesma técnica da boneca na parede, que me fez lembrar um artesanato indígena dos andes. Aqui nessa casa mágica o tubo de linha vira sol para os peixes nadarem quentinhos nos mares alaranjados onde habitam as sereias azuis. Mais um Encontro. A boneca azul veio me ensinar a nadar.

Um comentário: