25 de jul de 2010

poética do carimbo





como seria bom se pudéssemos reproduzir as árvores que precisamos assim .... carimbando os espaços brancos .... quisera ser as coisas, as pessoas e o mundo mais simples e mais colorido.

carimbo feito em material emborrachado. a melhor qualidade desse material é poder trabalhar com crianças, um recorte simples que funciona.

20 de jul de 2010

com feltro


cada dia me surpreendendo mais com as possibilidades de trabalho com feltro
esse trabalho é de Jessie Fair, encontrei por acaso na net e não por acaso trago aqui


esse de kamatrice


19 de jul de 2010

chapéu para moças de província




... o chapéu de armação mais uma vez no bazar ...

Nunca foi tão prático fazer uma amarração  de um pano na cabeça. Esse modelo me foi trazido por uma amiga chegada de viagem, apesar de ser encantador ainda tive receio de produzi-lo por aqui, mas tenho percebido que as moças dessa terra meio provinciana estão apostando mais na irreverencia ....

16 de jul de 2010

bazar da xita III


amanhã tem bazar da xita a tarde toda...nessa chuva que cai ha dias essa é uma boa opção

a movimento contínuo estará por lá ...

10 de jul de 2010

bazar de desenhos




estão à venda essas quatro infogravuras.
a técnica nos originais é óleo sobre papel.
a marca d'agua está presente apenas nas imagens em  internet
mais informações no mail ao lado




8 de jul de 2010

trançados para sentar




Na casa dos meus pais toda a vida sentamos nessas cadeiras trançadas, era comum em muitas casas. Apesar de não saber ao certo de quando data esse costume, lembro que na minha infância e juventude muitas casas ainda tinham. O problema era que quando furavam eram poucas as pessoas que concertavam, ou então a lógica de mais prático sempre prevalecia e logo logo eram trocadas por aquelas mesas de tampão de vidro e madeira aglomerada (outra moda)

O caso é que mesmo no ir e vir da moda, não sei ao certo por que razão essas cadeiras ainda permanecem na casa dos meus pais....furadas permanecem ...

Na esquina no bairro, faz bem uns 2 meses, embaixo do sol toda manhã, um senhor trança cadeiras....sempre me pergunto como aprendeu.... de fato exerce um ofício que poderíamos ter pensado que ninguem mais requisitaria....mas ele sempre tem uma cadeira a trançar.

E como chama mesmo esse trançado?



6 de jul de 2010

fulôr ação





... mais flores ...
ainda da coleção de broches e presilhas de feltro
] pedidos pelo mail ao lado [


1 de jul de 2010


O que não pode florir no tempo certo acaba explodindo depois