31 de jul de 2014




o auto-retrato

No retrato que me faço
- traço a traço -
às vezes me pinto nuvem,
às vezes me pinto árvore...

às vezes me pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança ...
Corrigido por um louco!

Mario Quintana

Os retratinhos estão à venda AQUI

Um comentário:

  1. Oi Flávia!
    Obrigada pela atualização, é bom ter notícias suas!
    Lindos bordados, é sempre bom ver o seu blog, estão cheio de coisas bonitas que alegram o meu dia (e o de muita gente, tenho certeza).
    Um beijo!

    ResponderExcluir